RSS

Fala coração...

Ainda não sei bem como a vida nos guarda surpresas em nossos caminhos, não entendo o que acontece coração diz sim mas a cabeça não aceita, gostaria de ser como uma borboleta e voar voar e voar... livre sem rumo fazer o que estiver com vontade, gostaria de não ser prisioneira deste mundo, gostaria de ser eu mesma, mas não posso tenho que ser como a sociedade impôs? não posso aceitar isso... meu coração e complicado ele muda muito rápido, e agora o que faço? perguntas sem respostas isso eu tenho, bom ate sei algumas resposta mas e ai... falta a coragem de romper este casulo que me prende e deixar a borboleta que existe em mim voar!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comentários:

Poemas e Amizades disse...

Oi, Mah, boa tarde!!
As surpresas que a vida nos reserva em cada esquina de rua, em cada curva o no caminho, a beleza delas e a emoção que nos causa deveriam ser suficientes para nos dar a coragem de romper casulos, de enfrentar opiniões, de sermos nós mesmos e fazer o que gostamos... Mas, se não fazemos isso, apesar de tudo que nos espera, ainda há uma esperança! Um dia, se você estiver por perder o que de modo algum quer perder, se estiver correndo o risco de ver fugir o que foge quando não rompemos casulos, então uma coragem maior virá, e talvez aí aconteça.
Costumam fugir, quando não rompemos casulos, as oportunidades, a juventude, o amor, os sonhos...
Que um deles energize suas ações, Chiara, ou que a consciência disso o faça!
Beijo carinhoso
Lello

Postar um comentário